Trabalho de Conclusão de Curso – Inglês ( EAD- UESPI)

tcc-o-que-e

Todo curso de graduação deve exigir um trabalho final aos seus alunos para a curso possa ser concluído e os mesmos serem considerados formados. Aí entra o que é chamado de TCC, que significa simplesmente Trabalho de Conclusão de Curso.

De certa forma, o TCC é como se fosse mais uma das disciplinas que todo aluno deve participar e ser aprovado para que possa obter o certificado de conclusão. Caso não conclua ou não seja aprovado no trabalho ele não recebe o diploma, como em qualquer outra disciplina, futuramente terá futuramente outra oportunidade para fazê-lo.

Cada universidade ou instituição possui suas próprias regras e exigências para o TCC. Na maioria delas o TCC deve ser feito individualmente, em algumas faculdades é aceito o trabalho em grupo, sendo sempre acompanhado e orientado por um professor responsável.

……………………………………………..

 images

 Sobre Avaliação da disciplina TCC: algumas mudanças

1- Planejamento da disciplina ( Avaliação)
2- Formulário de proposta de pesquisa I
3- Formulário de pesquisa II   NOVO!
4- Formulário de pesquisa III – Final   NOVO!

OBS: Todos os materiais do curso estão postados na plataforma. Este espaço é apenas um suporte.

…………………………..

Universidade Aberta do Brasil – UAB
Universidade Estadual do Piauí – UESPI
Núcleo de Educação a Distância – NEAD

Trabalho de Conclusão de Curso- Inglês

No curso de Letras, há basicamente, duas grandes áreas de pesquisa:
Linguística
Literatura

A linguística é um campo muito vasto e, geralmente, o preferido entre os estudantes de letras. Nela, há algumas divisões fundamentais:

1

2

3

Os principais ramos da linguística são:

1-Linguística Histórica
2-Linguística Geográfica
3-Linguística descritiva
4-Linguística comparativa e contrastiva
5-Psicolinguística
6-Sociolinguística
7-Etnolinguística
8-Sintática / Gramática
9-Semântica
10-Pragmática
11-Dialetologia
12-Morfologia
13-Fonética
14-Fonêmica
15-Lexicologia
16-Lexicografia
17-Teoria da tradução
18-Etimologia
19-Estilística
20-Linguística Computacional
21-Filosofia Linguística
22-Análise de discurso e conversação
23-Teoria da comunicação não verbal
24-Estilística
25-Neolinguística

Literatura: Se a área de linguística é vasta, saiba que a literatura é muito mais. Em um TCC sobre literatura você precisa definir exatamente qual o seu objetivo, para não se perder. Opte por fatores históricos, puramente teóricos ou ainda por literatura específica de um autor ou comunidade literária (geralmente um país). Lembre-se sempre que a literatura é um reflexo da sociedade em que foi produzida, analisar alguma relação entre as obras e o momento histórico pode ser uma boa ideia.

Veja um artigo em PDF anexado:

Tendências de pesquisa em ensino-aprendizagem de inglês como língua estrangeira no Brasil: 2005-2010

pdf

download2

Repositórios de Trabalho Conclusão de Curso

1-Letras – Línguas Adicionais Inglês e Espanhol e Respectivas Literaturas.
2-Navegação TCC Letras por Assunto “Língua inglesa”.
3-Repositório Institucional da UFJF
4-Biblioteca Digital de Teses e Dissertações
5-SciELO-Biblioteca Científica Eletrônica On-line
6-Periódicos Capes

Alguns tópicos de pesquisa na linguagem :

1-Linguística aplicada ao ensino de língua inglesa.
2-Formação de professores de língua inglesa como língua estrangeira.
3-Análise de livros didáticos de língua inglesa dos ensinos fundamental e médio.
4-Os estágios e a interação com a escola na formação do professor de língua inglesa.
5-Formação continuada do professor de língua inglesa.
6-Inglês Instrumental/ESP na formação do Turismólogo.
7-A Língua inglesa como uma das características da hospitalidade no Turismo.
8-Formação de professores de língua inglesa.
9-Multiletramentos no ensino de língua inglesa.
10-O ensino de inglês para alunos com problemas auditivas e visual
11-Educação bilíngue.
12-Linguística aplicada ao ensino de língua inglesa.
13-Linguística Aplicada Pós-Humanista.
14-Ensino crítico de Língua Inglesa.
15-Uso de tecnologias no ensino de Língua Inglesa.
16-O cinema no ensino de Língua Inglesa.
17-Música e ensino de Língua Inglesa.
18-Memes/temes e ensino de Língua Inglesa.
19-O discurso da mídia e suas influências no ensino de línguas.
20-Linguagem e interpretação no ensino de Língua Inglesa.
21-Linguística aplicada e língua inglesa.
22-Políticas curriculares no ensino de inglês.
23-Gêneros no ensino de inglês.
24-Formação crítica de professores de línguas (Linguística Aplicada e Educação).
25-Linguagem, tecnologia, ensino e sociedade.
26-Transculturalidades e Translingualismo.
27-Linguagem, discurso e gênero.
28-Linguagem, multimodalidade e superdiversidade.
29-Bi/Multilingualismo e Sociolinguística da globalização.
30-Etnografia da prática.
31-Estágio Supervisionado.
32-Gêneros textuais/discursivos.

Exemplo de análise. 

Teoria Pragmática

Verificamos na amostra 18 que a força ilocutória está na palavra “genuine”, que significa legítimo na qual podemos observar que não é um legítimo carpete egípcio, ao contrário, é um carpete chinês. Vejamos:

3

Uma vez que, nosso estudo é de análise da língua conversacional escrita, só podemos avaliar bem o valor de como um ato ilocucionário é reconhecido ou compreendido quando o imaginamos realizar espontaneamente.

Normalização por  imagem 

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22

Fonte 

Manual para elaboração de trabalhos acadêmicos – EAD- UESPI

pdf

Organizar sua monografia respondendo as seguintes perguntas:

1) Motivação: Por que escolheu este tema?
2) Problemática: o que o seu estudo busca? (ex.: mostrar os resultados do emprego de novas tecnologias no ensino de Inglês)
3) Delimitação: qual grupo de indivíduos você vai analisar e durante qual período? (ex.: alunos da Cultura Inglesa, turma 202, e alunos do Brasas, turma 204, durante o 2º semestre de 2014)
4) Metodologia: Como será realizado este estudo (ex.: será feito um estudo comparativo/qualitativo de rendimento através de um teste que será aplicado a dois grupos de alunos do mesmo nível de duas escolas distintas, uma que faz uso da tecnologia e outra que não faz)
5)Interpretação dos resultados.
6) Base teórica: escolha dos autores que vão dar suporte as suas conclusões.

Fazer monografia é defender uma ideia, procure algo que tenha gostado, uma disciplina que deixou saudades, aquele trabalho que você tirou 10 com louvor, que está na ponta da língua, enfim não é difícil, é trabalhoso.
Não precisa ter medo das perguntas da banca, se foi você mesma que fez, precisa ter segurança.
Fonte

Grupo de Trabalho nesta disciplina:
Giselda dos Santos Costa
– Lucirene da Silva carvalho
– Luiz Antonio dos Santos
– Luciana Saraiva
- Francisca Ealdina da Silva

Universidade Estadual do Piauí
Núcleo de Educação a Distância – NEAD

1

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *